Tillerson diz que Russia e EUA podem aliviar tensões

Leandra Felipe - Correspondente da Agência Brasil

Secretário de Estado dos EUA, Rex TillersonMichael Reynolds/EPA/Agência Lusa

O secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, demonstrou hoje (7) uma visão otimista com relação às tensões entre os governos da Rússia e Estados Unidos.

Direto de Manila, capital das Filipinas, Tillerson disse acreditar na possibilidade de que Washington e Moscou reencontrem o caminho para o diálogo, ao invés do rompimento de relações. Ele ontem esteve com o chanceler russo, Sergei Lavrov, em reunião paralela ao encontro anual da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean, na sigla em inglês).

Tillerson afirmou que os dois países podem aliviar as tensões e que não seria inteligente ou "útil" que rompessem laços por suspeita de interferência russa na eleição dos Estados Unidos.

"Precisamos encontrar lugares onde seja possível trabalhar juntos. Sobre nossas diferenças, vamos encontrar maneiras de lidar com elas", disse, em conversa com jornalistas em Manila.

Na semana passada o presidente Donald Trump assinou as sanções aprovadas pelo Congresso contra a Rússia. O texto puniu o país devido às suspeitas de interferência russa nas eleições presidenciais de 2016, nos Estados Unidos, e pela anexação da Crimeia ao território russo, em 2014 (anteriormente parte da Ucrânia) e, ainda, pelo apoio governo Putin ao presidente Bashar Al-Assad na Síria.

As sanções enviadas pelo Congresso à Trump não deram ao presidente o poder de vetar pontos do texto. A Rússia reagiu e mandou que os Estados Unidos reduzam em 60% o quadro de funcionários na Embaixada em Moscou e demais consulados americanos em território russo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos