Justiça mantém aumento de velocidade nas marginais de São Paulo

Elaine Patricia Cruz - Repórter da Agência Brasil

Em julgamento na manhã de hoje (9), três desembargadores do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) decidiram, por unanimidade, manter o aumento da velocidade das marginais Tietê e Pinheiros até que seja julgado o mérito da questão.

Os desembargadores analisaram nesta quarta-feira um recurso contra a decisão da desembargadora Flora Maria Tossi Silva, que derrubou uma liminar e permitiu que a prefeitura aumentasse os limites da velocidade nas marginais Tietê e Pinheiros. No julgamento, os três desembargadores mantiveram a decisão da juíza.

A velocidade nas marginais foi reduzida na administração de Fernando Haddad (2013-2016) como parte de um programa de segurança no trânsito, mas foi promessa de campanha do atual prefeito, João Doria, que, assim que assumisse a prefeitura, ampliaria a velocidade nas pistas local, central e expressa de ambas as marginais.

Por decisão de Doria, a velocidade seria aumentada no dia 25 de janeiro deste ano, mas a Justiça de primeira instância decidiu, em caráter liminar, atender a pedido da Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo (Ciclocidade) e suspender o aumento. Na ação, a Ciclocidade argumentou que a prefeitura não deu garantia de que a medida não colocaria em risco a vida de quem circula pelas vias. A prefeitura entrou com recurso contra a liminar, e o recurso foi analisado pela desembargadora Flora Maria Tossi Silva, que atendeu ao pedido da prefeitura e manteve o aumento da velocidade.

Procuradas pela Agência Brasil, nem a prefeitura, nem a associação comentaram, até este momento, a decisão de hoje do Tribunal de Justiça.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos