Polícia identifica cinco suspeitos de matar dois PMs no Rio

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

A polícia já prendeu três suspeitos de participar do tiroteio que resultou na morte do soldado da Polícia Militar Samir da Silva Oliveira, de 37 anos, na sexta-feira (11), no Morro do São João, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro. Samir foi morto durante uma perseguição a um veículo suspeito, que terminou numa troca de tiros.

Logo depois que Samir foi atingido e levado para o hospital, onde morreu, policiais da operação Méier Presente prenderam o primeiro suspeito, que tentava se esconder em uma casa nas proximidades. Depois da prisão, outros dois homens foram identificados e presos.

As Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) do São João, Lins e Camarista Méier estão fazendo buscas para tentar prender um quarto suspeito de participação no crime.

Elisângela Cordeiro

Policiais militares também identificaram hoje (12) dois adolescentes suspeitos de matar a cabo Elisângela Cordeiro, durante um assalto em Coelho Neto. Os policiais foram informados pelo Hospital Getúlio Vargas que os dois jovens tinham dado entrada na unidade, com ferimentos a bala na perna.

Além disso, eles são suspeitos de balear uma mulher durante o assalto a um casal também em Coelho Neto. De acordo com a Polícia Militar, ambos confessaram ter atirado na mulher. A Delegacia de Homicídios investiga os casos.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos