Eurobarômetro: 73% dos europeus apoiam o euro

Marieta Cazarré - Correspondente da Agência Brasil

Sondagem feita pelo Parlamento Europeu com quase 28 mil pessoas mostra que a maioria dos europeus têm uma visão positiva do euro, a moeda oficial de 19 dos 28 estados-membros da União Europeia (UE). Este é o resultado mais alto desde 2004. Na Alemanha, Irlanda e Luxemburgo, por exemplo, 80% dos entrevistados ou mais apoiam o euro.

A pesquisa Eurobarômetro, foi realizada entre os dias 18 e 27 de março de 2017, com entrevistas presenciais a 27.901 cidadãos, nos 28 países da UE.

Quando perguntados sobre o futuro da UE, 56% dos entrevistados disseram estar otimistas e confiantes nas instituições. Entre os franceses, 55% afirmaram estar otimistas; assim como 70% dos dinamarqueses e 64% dos portugueses.

Sobre a economia de seus países, quase metade dos europeus (46%) considerou que o estado atual da economia é bom, o que representa aumento de 26% em relação à pesquisa feita no primeiro semestre de 2009.

Ainda sobre o tema economia, embora haja diferenças entre os estados-membros, as avaliações positivas aumentaram em 22 países, em especial na Finlândia (59%, que cresceu 19 pontos), em Portugal (33%, com aumento de 18 pontos) e na Bélgica (60%, com 11 pontos a mais).

Entre os cidadãos europeus que têm uma imagem positiva da UE (40%), os luxemburguenses (57%), os dinamarqueses (42%) e os franceses (40%) foram os que mais aumentaram esta percepção, em relação à pesquisa anterior.

No total, 68% dos europeus sentem que são cidadãos da UE. Este é o nível mais elevado deste resultado, desde que o indicador passou a fazer parte da pesquisa.

Terrorismo e Imigração

Segundo os participantes da pesquisa, o terrorismo está no topo dos problemas que a UE enfrenta atualmente (44%), 12% a mais do que no segundo semestre de 2016. O terrorismo e a imigração são citados como os principais desafios em todos os países, exceto em Portugal e na Suécia. A imigração, preocupação fundamental na Europa devido à crise dos refugiados, é agora o segundo desafio mais frequentemente apontado por 38% dos entrevistados.

Visão de fora

Pela primeira vez, o Eurobarômetro avaliou a imagem da União Europeia em onze países de fora da UE. Estes países representam 49% da população mundial e 61% do PIB mundial. Nos três países mais populosos (China, Índia, EUA) em que se realizou a pesquisa, pelo menos 75% dos entrevistados têm uma opinião positiva sobre a UE.

No Brasil, 94% das pessoas entrevistadas afirmou ter uma opinião positiva sobre a UE. Na sequência, aparecem a China (84%), a Índia (83%), o Japão (76%), o Canadá (79%), os EUA (75%) e a Austrália (67%).

Por outro lado, Rússia, Noruega e Suíça, países localizados geograficamente mais próximos da UE, tendem a ter uma visão positiva menor da UE (os índices variam entre 43% e 46%).

Meio Ambiente

Enquanto 53% dos europeus entrevistados julgam que a ação europeia é insuficiente quanto à proteção ao meio ambiente, 36% a consideram adequada. Ainda em relação a este indicador, 75% dos cidadãos da UE e 85% dos portugueses afirmaram querer mais medidas para a proteção do ambiente.

Segundo o Parlamento Europeu, os eurodeputados estão trabalhando na definição de objetivos nacionais para a redução das emissões de gases de efeito estufa relacionados com o transporte, a construção e a gestão de resíduos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos