TV Brasil estreia novas produções nacionais independentes no dia 11

Da Agência Brasil

A TV Brasil estreia, a partir do dia 11 de setembro, novas faixas dedicadas a produções independentes nacionais. As obras foram selecionadas pelo Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Audiovisual (Prodav/TVs Públicas) 2013/2014. Serão quatro janelas de exibição com documentários, ficção, filmes e séries de diversas regiões do país.

Segundo o Informe de Acompanhamento do Mercado de TV Aberta, recente estudo divulgado pela Agência Nacional do Cinema (Ancine), a TV Brasil é a emissora que mais exibe conteúdo independente nacional. Em 2016, foram mais de 1.162 horas destinadas ao segmento.

Além do apoio a produções independentes, o Prodav/TVs Públicas também cumpre papel fundamental na valorização da produção audiovisual regional.

Confira a seleção de estreias

Faixas de Documentários

Segunda a sexta-feira, das 6h30 às 7h:

Vida Fluxo (11/9) - Cinco jovens de diferentes realidades e classes sociais se encontram por meio de vídeos, trocando opiniões e ideias pela internet. Ao final de cada episódio, eles se encontram em um espaço neutro para avaliar as respostas de todos.

Roda Moinho, Roda Pião, Quero Cultura no meu Pirão (12/9) - A série de documentário conta, em cinco episódios de 26 minutos, a história de quatro jovens dançarinos de grupos regionais de dança indígena do município de Maués, revivendo suas memórias e fatos. A obra seriada foca a visão de mundo e a experiência deles, após ingressarem na universidade pública, onde tiveram de deixar o lugar de origem para fazer escolhas entre o mundo da arte e o mundo do trabalho formal, expectativas que foram de encontro aos anseios da família, que vivem da subsistência de pequenos serviços. Para alguns, o total distanciamento de sua vocação revelada por meio da faculdade fez com que tivessem novas experiências com elementos do fazer artístico.

Trabalhar pra Quem (13/9) - A série conta a história de jovens que são a primeira geração de universitários de suas famílias. Apesar do conflito entre o êxito pessoal e o desejo de transformar o mundo, eles optaram por não colocar o dinheiro acima de tudo.

O Muro (14/9) - Por meio da história de pessoas reais, O Muro compõe um mosaico de contradições humanas, de complexidade da formação das identidades, de lutas políticas por igualdade de direitos e, sobretudo, de urgência na aceitação das diferenças.

Diários sobre o Corpo (15/9) - Ao longo de cinco episódios, a série acompanha o cotidiano de diferentes pessoas que tiveram que aprender a lidar com questões como bulimia, anorexia, cirurgia bariátrica e racismo. A obra procura analisar como a aparência física constitui as subjetividades contemporâneas e causa impacto no cotidiano de pessoas que se sentem afetadas pelos padrões estéticos vigentes.

Toda quinta-feira, das 23h30 às 0h30:

A Faixa 'Quinta Realidade' receberá os média-metragens nacionais. A estreia será com Mazagão - Porta do Mar, no dia 14. No estado do Amapá, na foz do rio Amazonas, uma pequena vila preserva antigas tradições e festas em homenagem aos santos católicos. A maior e a mais antiga delas, a Festa de São Tiago, remete à história de origem da vila na cidadela portuguesa de Mazagão, na costa marroquina. Após 246 anos da migração dos colonos portugueses da África para o Brasil, dois descendentes dessa história épica embarcam em uma viagem inédita para redescobrir o passado e suas origens.

Faixa Ficção

Segunda a quinta-feira, da 1h à 1h30:

A faixa terá como estreia a série de dramaturgia Cidade Invisível, no dia 11 de setembro. A ficção aborda as condições, as relações e as causas do trabalho análogo à escravidão no Brasil.

Faixa Infantojuvenil

Todo domingo, das 16h às 17h:

As séries Passado da Hora, A Escola dos Mistérios, De Mala e Cuia e Mistérios de Entrever passam a integrar a faixa.

Passado da hora é uma animação com marionetes e outras técnicas que aborda, de forma descontraída e bem-humorada, os principais tópicos da história do Brasil.

Em A Escola dos Mistérios, uma turma de crianças é selecionada para passar as férias de verão no lugar dos seus sonhos: a Escola dos Mistérios, que se esconde em meio às brumas de míticas montanhas do Planalto Central. Lá, elas vão aprender conhecimentos ancestrais e milenares sobre as ciências ocultas e naturais, que regem o planeta e que habitam o imaginário de jovens e crianças mundo afora.

Voltada para o público infantil, De Mala e Cuia acompanha crianças numa imersão lúdica por suas origens, na terra natal  de seus avós migrantes. A obra relata a troca de experiências entre netos nascidos em grandes centros urbanos e avós que migraram de cidades pequenas em busca de uma vida melhor.

Mistérios de Entrever conta a jornada de uma criança com os avós em busca de suas raízes. Eles espreitam o passado para refletir sobre os motivos que levaram a família a mudar de lugar. Questões econômicas e sociais são trazidas de forma lúdica, mostrando diferentes culturas que colorem o universo infantil, em um interessante mosaico das diversas origens e etnias brasileiras.

A Escola dos Mistérios e Mistérios de Entrever terão conteúdos inéditos.

Sobre o Prodav

O Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Audiovisual Brasileiro (Prodav) TVs Públicas é uma parceria entre a Agência Nacional do Cinema (Ancine), o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) para incentivar a produção de conteúdo regional e independente e também a oferta para as emissoras públicas de televisão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos