Mais uma criança morre vítima de tiro na Baixada Fluminense

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil

Desde o início do ano até agora, oito crianças já morreram vítimas de tiros no Rio de Janeiro. A vítima mais recente é Caíque Lucas Correia, 13 anos, que morreu ontem (10) em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, no Hospital Adão Pereira Nunes, para onde foi levado, com um tiro na cabeça. Ele e o pai, Gustavo Figueiredo, 34 anos, morreram durante ataque de criminosos, quando retornavam de um churrasco. O carro foi atingido por dezenas de tiros. O crime ocorreu no sábado à noite (9). O pai morreu logo após ser socorrido.

Outros dois irmãos de Caíque, de 4 e 8 anos, que estavam no banco de trás do carro, escaparam porque deitaram no assoalho e não foram atingidos pelos disparos dos assassinos, que estavam em outro carro, na hora do ataque.

Segundo informações da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, policiais da unidade realizam diligências para apurar o caso. Perícia foi realizada no local e um inquérito policial foi instaurado para identificar a autoria e as circunstâncias do crime.

Segundo caso em menos de uma semana

No domingo (3) o menino Renan dos Santos Macedo, 8 anos, foi baleado na cabeça quando seu pai tentou fugir de um arrastão também em Duque de Caxias. O menino foi atingido quando seu pai tentava dar marcha a ré no carro onde eles estavam para tentar fugir do cerco.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos