Advogado de Cabral recorre para impedir leilão de bens do ex-governador

Vladimir Platonow - Repórter da Agência Brasil

O advogado Rodrigo Rocca, que defende o ex-governador Sérgio Cabral, ingressou hoje (26) com recurso na Justiça para impedir o leilão dos bens de seu cliente, marcado para a próxima terça-feira (3), em primeira rodada, e para o dia 11, quando os lances poderão ser feitos por 80% do valor original.

Na petição, protocolada na 7ª Vara Federal Criminal, do juiz Marcelo Bretas, Rocca argumenta que o leiloeiro escolhido, Renato Guedes, estaria impedido de exercer o pregão, porque não estaria em exercício profissional há pelo menos três anos. Segundo Rocca, o leiloeiro foi nomeado no Rio de Janeiro em 29 de setembro de 2015.

"Por tudo isto, requer-se a V. Exa. que cancele os dois atos da hasta pública previstos para os dias 3 e 11 do próximo mês de outubro, afastando-se incontinenti o leiloeiro Sr. Renato Guedes Rocha das funções que lhe foram incumbidas, com a designação de outra data e profissional para o ato", escreveu Rocca em sua petição.

Ainda não há decisão da 7ª Vara Federal Criminal sobre o recurso.

No leilão será oferecida a mansão à beira-mar em Mangaratiba, avaliada em R$ 8 milhões, e uma lancha, avaliada em R$ 4 milhões. Também serão leiloados três automóveis avaliados em R$ 240 mil, R$ 120 mil e R$ 76 mil.

Quem se interessar, também poderá adquirir uma moto aquática no valor inicial de R$ 45 mil e um barco de porte médio, no valor de R$ 50 mil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos