Morre vigia que ateou fogo em crianças em cidade do norte de Minas

Helena Martins - Repórter da Agência Brasil

O vigia Damião Soares dos Santos, de 50 anos, que ateou fogo e provocou a morte de quatro crianças da creche onde trabalhava, no município de Janaúba, no norte de Minas Gerais, morreu nesta tarde, no hospital onde estava internado em estado grave. Damião era funcionário efetivo do município desde 2008.

Inicialmente, chegou a ser divulgada a morte de uma professora, mas a assessoria informou que ela continua viva, após ter sofrido diversas paradas cardíacas, e que seu estado é muito grave. Mais de 15 pessoas, entre crianças e adultos, ficaram feridas.

A prefeitura de Janaúna decretou luto oficial de sete dias. Em nota, manifestou solidariedade às famílias envolvidas na tragédia.

"Toda a administração e a sociedade civil de Janaúba está consternada em virtude da tragédia ocorrida hoje na Creche do Bairro Rio Novo. A administração municipal manifesta profunda preocupação com o lamentável episódio e direcionou todos os seus esforços para atender os envolvidos e amenizar, de alguma forma, a dor que acomete a todos", diz o texto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos