Temer afirma em Belém que houve crescimento da economia em "prazo curtíssimo"

Yara Aquino - Repórter da Agência Brasil

Temer assinou protocolo de intenções para destinar área à Basílica de Nossa Senhora de Nazaré Marcos Corrêa/PR

Ao discursar hoje (5), em Belém, o presidente Michel Temer citou dados sobre a queda da inflação e da taxa básica de juros nos últimos meses e disse que houve crescimento da economia "num prazo curtíssimo". Na capital paraense, Temer participou da cerimônia de assinatura de protocolo de intenções para destinar um terreno da União para a Arquidiocese de Belém.

Temer citou a redução da inflação de mais de 10% para cerca de 2,5% nos dias atuais, da taxa básica de juros de 14,25% para 8,25% e também dados relacionados ao emprego. "Neste último trimestre, o IBGE [Institudo Brasileiro de Geografia e Estatística] lançou pesquisa demonstrando que o número de ocupações chegou a mais de 1 milhão de pessoas, a indicar o crescimento da economia num prazo curtíssimo". E completou: "tudo isso significa confiança, credibilidade".

A visita de Temer a Belém ocorre em meio aos festejos do Círio de Nazaré. Ao comentar que a destinação do terreno de cerca de 10 mil metros quadrados para arquidiocese de Belém foi um assunto consolidado em sete dias, Temer disse que isso ocorreu porque esse é "um governo rápido". "Temos dois anos e oito meses no total de governo e naturalmente temos que fazer tudo rapidamente. O fato de termos realizado em sete dias significa também a presteza com que o governo federal tem trabalhado", disse.

No início da manhã, Temer usou a rede social Twitter para falar sobre o evento. "Com o novo espaço, a arquidiocese terá mais espaço para acolher os romeiros e realizar as atividades da igreja ao longo do ano", registrou.

O terreno transferido pertencia à Igreja Católica, mas por volta de 1850 passou a ser do Exército. Agora, a área localizada próxima a Basílica de Nossa Senhora de Nazaré será transformada em um centro de eventos para acolher romeiros e peregrinos.

O arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira, agradeceu o retorno do terreno para a Igreja. O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, lembrou que agora os romeiros que vão à cidade serão melhor acolhidos. "Com a cessão desse espaço a igreja poderá acolher os romeiros, ter um amplo centro de eventos para estimular que os festejos do Círio de Nazaré não se resumam apenas a outubro", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos