Temer lamenta morte de crianças e professora em creche no norte de Minas

Yara Aquino - Repórter da Agência Brasil

O presidente Michel Temer lamentou hoje (5) a morte de quatro crianças e uma professora queimadas em uma creche nesta manhã, na cidade de Janaúba, norte de Minas Gerais. Temer disse esperar que tragédias como essa não ocorram mais no Brasil e que é preciso repudiar com ações esse tipo de violência. Ele comentou ainda que o mundo está "muito convulsioando".

Temer fez os comentários ao falar com a imprensa depois de participar de cerimônia em Belém, no Pará. Segundo autoridades de Janaúba, o incêndio foi provocado por um segurança da creche. "Lamento imensamente essa tragédia com as crianças em Janaúba, Minas Gerais. Eu, que sou pai, imagino que deve ser uma perda dolorosa", afirmou o presidente.

"Quero expressar minha solidariedade às famílias, lamentar esse acontecimento, esperar que essas coisas não se repitam no Brasil, porque o mundo está muito convulsionado e, convulsionado como está, muitas e muitas vezes ocorrem os mais lamentais acontecimentos. Este é um lamentável acontecimento, e temos que repudiar com nossa consciência e com nossa ação".

Segundo autoridades policiais e a prefeitura de Janaúba, o incêndio foi provocado por um segurança da Creche Municipal Educacional Infantil Gente Inocente, que fica no bairro Rio Novo. Mais de 15 pessoas, entre crianças e adultos, ficaram feridas. O vigia, suspeito de ter causado o incêndio, está internado, em estado grave.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o incêndio ocorreu por volta das 9h40. Oito viaturas e dois helicópteros foram usados no atendimento às vítimas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos