Técnica de enfermagem é assassinada após deixar plantão no Rio

Vinicius Lisboa - Repórter da Agência Brasil

Uma técnica de enfermagem foi assassinada na noite de ontem (7) na Rodovia Presidente Dutra, na zona norte do Rio de Janeiro, depois de ter deixado o plantão no Hospital Estadual Getúlio Vargas. Segundo testemunhas, Ângela Maria Ferreira da Cunha, de 27 anos, foi baleada em uma tentativa de assalto.

A Polícia Rodoviária Federal informou que foi acionada às 19h40 por motoristas, que alertaram que havia uma vítima de disparo de arma de fogo na rodovia.

Segundo testemunhas, houve uma tentativa de assalto por parte de homens que estavam em uma moto vermelha e atiraram contra Ângela. O condutor da moto em que ela estava não se feriu.

A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense abriu inquérito para investigar o caso e policiais civis já fizeram diligências para esclarecer o crime.

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde e a direção do hospital lamentaram a morte da técnica de enfermagem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos