Assalto em Araçatuba termina com um policial morto

Marli Moreira - Repórter da Agência Brasil

Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas em um assalto na madrugada de hoje (16) contra a base operacional da empresa de valores Protege, em Araçatuba, no interior paulista. A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo ainda não divulgou as informações sobre o caso, que envolveu uma quadrilha fortemente armada, provocando pânico na população.

Segundo a Santa Casa de Misericórdia da cidade, duas moradoras das proximidades - atingidas por tiros - foram atendidas durante a madrugada e liberadas logo após serem medicadas.

Uma delas levou um tiro no pé e a outra foi ferida de raspão por estilhaços. Já o policial André Luis Ferro da Silva, de 37 anos, foi morto e seu corpo será velado agora à tarde, na Capela da Saudade. Na ação, os criminosos usaram explosivos contra o prédio da empresa e, para evitar a ação da polícia, bloquearam a saída de viaturas do quartel da Polícia Militar, com veículos aos quais atearam fogo.

Procurada pela Agência Brasil, a Protege não revelou se os bandidos conseguiram fugir com dinheiro e por meio de nota, disse apenas que seus funcionários estavam em segurança e que "a empresa está colaborando com as autoridades na investigação em curso".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos