Brasil ratifica sanções da ONU à Coreia do Norte

Marcelo Brandão - Repórter da Agência Brasil

O presidente Michel Temer assinou decreto na noite de hoje (16) ratificando a Resolução 2371 da Organização das Nações Unidas (ONU), que impõe sanções à Coreia do Norte devido ao programa nuclear do país. A resolução foi assinada em 5 de agosto pelo Conselho de Segurança da ONU e proíbe investimentos na Coreia do Norte, além de impor a não renovação de vistos de trabalho para norte-coreanos. Além disso, o Brasil também não poderá comercializar produtos como minério de ferro, chumbo e frutos do mar.

O texto aprovado também frisa que os governos devem proibir a seus cidadãos iniciar novos negócios com entidades ou cidadãos da Coreia do Norte e, com certas exceções, expandir os já existentes.

As sanções da ONU à Coreia do Norte podem reduzir em até US$ 1 bilhão por ano o faturamento que o país obtém com suas exportações. A resolução é uma resposta da comunidade internacional aos testes nucleares realizados pelo regime de Kim Jong-un.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos