Começa no Rio 2ª e 3ª rodadas de licitação de blocos do pré-sal

Nielmar de Oliveira e Vinícius Lisboa - Repórteres da Agência Brasil

Começou no Hotel Grad Hyartt, no Rio de Janeiro, a primeira das duas rodadas de licitação de blocos para a exploração e produção de petróleo e gás natural no polígono do pré-sal das bacias de Santos e Campos. O certame começa com duas horas de atraso, depois de cassada a liminar concedida pela Justiça Federal no Amazonas.

Neste momento, estão sendo ofertados quatro blocos, com jazidas unitizáveis, envolvendo os blocos Sul do Gato do Mato, Norte de Carcará e Entorno de Sapinhoá, na Bacia de Santos; além do Sudoeste de Tartaruga Verde, na Bacia de Campos. O bônus total de assinatura para esta rodada foi fixado em R$ 3,4 bilhões.

Para esta rodada, a Petrobras manifestou direito de preferência para o bloco do Entorno de Sapinhoá, onde a empresa exercerá de se tornar operadora com participação de 30% da área licitada.

O presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), desembargador Hilton José Gomes de Queiroz, cassou hoje (27) a liminar do juiz Ricardo de Sales, da 3ª Vara Federal Cível do Amazonas, que  suspendia os leilões de partilha de blocos do pré-sal marcados para hoje (27), no Rio. No início da manhã, a Advocacia-Geral da União (AGU) ajuizou recurso contra a liminar, conseguindo a suspensão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos