Saiba como funcionarão esquemas nas estradas do Rio e de SP no feriadão

Da Agência Brasil*

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) já iniciou o reforço da fiscalização nas estradas federais do país. A Operação Finados 2017 irá até as 23h59 do próximo domingo (5). Nas ações, será usados 2.083 viaturas, 700 motocicletas, 1.691 bafômetros e 210 radares portáteis.

A corporação sugere que os motoristas planejem a viagem, prevendo locais de abastecimento e paradas para descanso. Além disso, é necessário fazer uma revisão no veículo, dirigir com atenção e dentro dos limites de velocidade. Outras recomendações são manter sempre os faróis ligados para que seu veículo fique mais visível, não ligar o pisca alerta com o veículo em movimento, e manter uma distância de segurança entre os veículos.

O fluxo de veículos no feriado de Finados deve ser um pouco menor em relação ao movimento da última folga prolongada.

Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, foram iniciados na madrugada de hoje (1º) os esquemas especiais da PRF e da Concessionária Novo Rio por causa do aumento de circulação de motoristas e pessoas no feriado prolongado.

A concessionária que administra a Rodoviária Novo Rio prevê a passagem de 236 mil passageiros durante o feriadão, com uma movimentação que já começa nesta quarta-feira (1º) e termina na segunda-feira (6).

Hoje será o dia com mais ônibus extras circulando pela rodoviária, que terá 26.300 partidas e 20.500 chegadas. O dia de maior movimento será o domingo, quando 25.800 pessoas deixarão a cidade de ônibus e 23.200 chegarão ao Rio.

Ao todo, 7.790 ônibus foram mobilizados para atender à demanda e a recomendação da concessionária é que as pessoas comprem seus bilhetes com antecedência e cheguem na rodoviária pelo menos 30 minutos antes da partida. Para embarcar, é necessário documento de identificação com foto. Nas viagens com crianças menores de 12 anos ainda é aceita a certidão de nascimento original.

São Paulo

Em São Paulo, a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) estima que 2,2 milhões de veículos devem circular nas estradas do estado, número menor em comparação ao feriado prolongado de 12 de outubro  (2,3 milhões).

A maioria dos motoristas - 1,7 milhões - deixará a capital paulista rumo ao litoral, interior e outros estados, de acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). 

O movimento maior é entre 12h e 22h desta quarta-feira (1º) e entre 6h e 15h de quinta-feira (2).

A Artesp alerta que em alguns trechos a neblina pode afetar a visibilidade. Nestes casos, a recomendação é que o motorista reduza a velocidade e mantenha o farol baixo aceso de dia e de noite. Também deve ter o cuidado de nunca parar na pista ou ligar o pisca-alerta com o veículo em movimento.

Em caso de emergências, os usuários podem recorrer às operadoras e à Polícia Militar Rodoviária, que dispõe de guinchos, troca de pneu e remoção de vítimas de acidentes, além de atendimento de primeiros socorros. 

De acordo com a agência, a fiscalização irá coibir o transporte clandestino de passageiros.

Durante o feriado, será montado esquema especial de apoio aos motoristas com o aumento no número de guinchos, ambulâncias e veículos operacionais e implantada a operação "papa-fila" nos pedágios.

Na Baixada Santista, o movimento para as praias pela Serra do Mar já cresce a partir de hoje. Entre 250 e 360 mil veículos devem sair da capital paulista e seguir para o litoral pelo Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), segundo a Concessionária Ecovias.

Pelo sistema, seguem tantos os veículos com destino a Santos e cidades próximas como aqueles que vão pegar os acessos para o litoral Norte e também para o litoral Sul. Das 14h até 1h de quinta-feira (2), serão disponibilizadas sete faixas de rolamento na Operação Descida. A mesma estratégia volta a ser adotada entre 6h e 18h.

Entre as opções para o litoral Norte, há o corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto. A concessionária Ecopistas estima que entre 975 mil e 1,025 milhão de veículos passem pelas quatro praças de pedágionos dois sentidos. Já na Rodovia dos Tamoios, com acesso por São José dos Campos, são esperados 150 mil veículos.

Cerca de 840 mil veículos devem circular pelo Sistema Anhanguera-Bandeirantes entre a saída e chegada à capital, conforme a concessionária AutoBan. O tráfego mais intenso deve ocorrer entre 15h e 19h desta quarta-feira (1) e das 8h às 13h de amanhã (2). Em razão do fluxo, os caminhoneiros que estiveram na Rodovia dos Bandeirantes em direção à capital paulista deverão passar para a Via Anhanguera (SP-330) no trecho do km 48 ao km 23, entre Jundiaí e São Paulo.

No Sistema Castello Branco-Raposo Tavares, o movimento deve chegar a 630 mil veículos e a concessionária ViaOeste prevê fluxo mais carregado a partir de hoje. O tráfego de caminhões estará proibido na rodovia, no sentido capital, de 10h às 23h.

Nas pistas do Rodoanel, são estimados 504 mil veículos pelo Trecho Sul e 162 mil veículos pelo Trecho Leste com maior demanda entre 16h e 20h desta quarta-feira (1) e também entre 10h e 13h e 16h e 20h da quinta-feira (2). No retorno, o tráfego mais pesado deve ocorrer entre 10h e 13h e 16h e 20h do próximo domingo (5). Já o trecho Oeste deve receber em torno de 1,1 milhão de veículos.

A CET informa que o rodízio municipal de veículos, de caminhões, a Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição ao Fretamento (ZMRF) estarão liberados, na quinta-feira (2). Na sexta-feira (3), a suspensão valerá apenas para veículos e caminhões, sendo mantidas as restrições da ZMRC e da (ZMRF.

A CET também recomenda que os motoristas vindos do interior com destino ao litoral devem evitar transitar pela malha viária da capital paulista, dando preferência à opção do Rodoanel Mário Covas.

* Reportagem de Vinicíus Lisboa (Rio de Janeiro) e Marli Moreira (São Paulo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos