Brasil reabre mercado japonês para exportação de leite e derivados

Paulo Victor Chagas - Repórter da Agência Brasil

Após dois anos de negociação, o Japão voltará a importar leite e derivados do Brasil provenientes de áreas livres de febre aftosa. A exportação dos produtos foi autorizada por meio do Certificado Sanitário Internacional e comunicada ao governo brasileiro na última quarta-feira (1º).

Considerado um cliente importante no comércio internacional de produtos lácteos, o mercado japonês poderá agora comprar de agricultores brasileiros, além de leite, produtos como manteiga, queijo, soros e leite em pó. Somente no ano passado, o Japão, que é o sétimo maior mercado do mundo, importou cerca de US$ 1,2 bilhão de produtos lácteos.

De acordo com o ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o setor de lácteos brasileiro está iniciando sua entrada no comércio internacional. As exportações envolverão apenas as áreas livres da febre aftosa com e sem vacinação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos