Comissão propõe melhorias no acesso de pessoas com deficiência no Sambódromo

Ana Cristina Campos - Repórter da Agência Brasil

Após vistoria na tarde de hoje (7), membros da Comissão Permanente de Acessibilidade (CPA) da Prefeitura do Rio de Janeiro vão sugerir melhorias no acesso de pessoas com deficiência ao setor 13 do Sambódromo para os desfiles do Carnaval de 2018. O setor é destinado para receber pessoas com deficiência e seus acompanhantes.

A gerente do Eixo de Acessibilidade da Subsecretaria da Pessoa com Deficiência e presidente da CPA, Ana Lúcia Peixoto Gonçalves, informou que encaminhará até semana que vem um relatório com os pontos a serem melhorados para a Empresa de Turismo do Rio de Janeiro (Riotur) e a Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa).

Segundo Ana Lúcia, o piso no setor 13 da Passarela do Samba precisa ser reformado e também será recomendado que seja instalado um piso tátil para pessoas cegas. A gerente também avaliou que serão necessárias intervenções nos banheiros que estão com a altura errada do vaso sanitário e da barra de apoio.

Na parte externa do acesso ao Sambódromo, a comissão avaliou que as rampas de acesso necessitam ser aperfeiçoadas. "São intervenções fáceis de serem resolvidas até o próximo carnaval", disse Ana Lúcia.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos