Prefeitura mantém interdição de casas e escola após deslizamento em Petrópolis

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil

A prefeitura de Petrópolis, na região serrana do Rio, informou que, por medida de segurança, vão permanecer interditadas as casas e a escola municipal, após deslizamento de terra ocorrido hoje pela manhã (7) no município. O deslizamento de terra abriu uma cratera e destruiu totalmente uma casa, deixando outras interditadas, além da Escola Municipal Leonardo Boff, na comunidade no Contorno, no alto da serra.

O deslizamento ocorreu perto do túnel que está sendo construído pela Companhia de Concessão Rodoviária Juiz de Fora-Rio (Concer) para a duplicação da subida da serra, mas as obras estão paradas há mais de um ano.

Deslizamento em Petrópolis destruiu uma casa e abriu uma cratera às margens da pista da BR-040.Divulgação/Prefeitura de Petrópolis

A Defesa Civil municipal divulgou os números atualizados, informando que 40 famílias estão desalojadas, totalizando 114 pessoas. No primeiro momento, essas famílias foram levadas para a Igreja Nossa Senhora Aparecida, mas agora estão sendo abrigadas em casas de parentes na região.

As 73 crianças da escola pública do 1º ao 5º ano da educação infantil vão ser remanejadas para outras escolas. A Defesa Civil informou que ainda não pode precisar oficialmente quantas casas foram interditadas na comunidade do Contorno. Inicialmente seriam 45, mas como o local apresenta risco, ainda não foi feita uma contagem casa a casa.

A prefeitura ingressou com ação civil pública na 4ª Vara Cível de Petrópolis reivindicando que a Concer arque de imediato com a realocação das famílias e também oficiou ao Ministério Público Federal informando o que ocorreu. O MPF já tem um procedimento sobre as condições de segurança do túnel, que faz parte das obras para duplicação da BR-040.

Apesar da interdição na altura do quilômetro 81 da Rio-Juiz de Fora, na pista em direção ao Rio, a prefeitura informa que a circulação de veículos entre Itaipava e o Centro Histórico de Petrópolis está garantida.

Equipes da Polícia Rodoviária Federal e da Guarda Municipal da cidade estão desviando o fluxo de veículos pelo bairro Duarte da Silveira para quem segue de Itaipava em direção ao Rio. A pista de descida da serra de Petrópolis em direção ao Rio e também no sentido contrário estão com tráfego normal, porque estão longe do local do deslizamento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos