Recomendação para prova de exatas do Enem é descanso e revisão leve

Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil

Estudantes enfrentam no próximo domingo a prova de exatas Arquivo/Agência Brasil

No próximo domingo (12) será aplicada a segunda prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), com provas de matemática e ciências da natureza (química, física e biologia). Para a reta final, a orientação dos professores é que os candidatos descansem e façam uma revisão leve dos principais assuntos que devem cair na prova de exatas.

O professor de química Paulo Valim, do Portal Química em Ação, disse que agora não é a hora para revisar todo o conteúdo, mas sim fazer uma revisão leve e descansar, de preferência fazendo atividades físicas para diminuir a ansiedade.

"Você passou o ano todo estudando, e agora é hora de colher os resultados de toda essa preparação. Então, se ficar na cabeça que tem que revisar tudo, vai gerar ansiedade e até insegurança, porque é muito conteúdo e o candidato pode se deparar com um conteúdo que ainda não saiba", disse.

A orientação é que os alunos revisem apenas os conteúdos que têm aparecido mais no Enem, examinando as provas anteriores. Segundo o professor, em química, por exemplo, nos últimos anos sempre caíram questões de cálculo estequiométrico, de reconhecimento de funções orgânicas, de deslocamento de equilíbrio, além de questões de radioatividade, envolvendo reações de fissão, de fusão nuclear. "Agora é preciso ser esperto, ter uma estratégia e saber o que estudar", orienta.

Outras dicas do professor são evitar excessos, dormir cedo no dia anterior para acordar cedo no dia da prova, se alimentar bem, não usar bebida alcoólica nem estimulantes.

Mais conteúdo

O professor de biologia e planejamento de estudos do canal QG do Enem, Eduardo Galves, também recomenda a revisão dos conteúdos mais cobrados em provas anteriores, os chamados "top temas". Ele acredita que a prova do próximo domingo deve seguir a tendência dos últimos três anos, de ser um exame com mais cobrança de conteúdo.

"Nos anos anteriores, o Enem foi mais interpretativo, e nos últimos três anos ele passou a ser um pouco mais conteudista, e esse padrão foi seguido na prova do último domingo (5)", avaliou o professor.

Entre os assuntos mais abordados na prova de biologia do Enem, segundo Galves, estão meio ambiente e ecologia, principalmente relacionados a impactos ambientais, água e problemas sociais e ecológicos vinculados ao lixo. Também são bastante cobrados os ciclos ambientais dos elementos químicos, genética molecular e imunização, envolvendo soros vacinas.

Sem decoreba

Em matemática, o importante não é decorar fórmulas e sim entender o conteúdo das matérias. "O Enem foge da decoreba. O principal é entender conceitos. As "fórmulas" não necessariamente terão que ser utilizadas. Mas o aluno, além de dominar conceitos, tem que estar preparado para aplicá-los em situações problemas "fórmulas" muito trabalhadas no Ensino Fundamental", disse o professor de matemática Bruno Vianna, do colégio Mopi, do Rio de Janeiro.

Entre os assuntos que podem ser abordados no exame, ele cita o Teorema de Pitágoras, as ideias de proporcionalidade ligadas a questões aritméticas, geométricas e algébricas, além de geometria espacial e geometria plana, conceitos de probabilidade e estatística e a ideia de função afim ou equação da reta ligadas a diversas situações, principalmente as que apontam variação constante.

"É fato que a prova vem exigindo mais conceitos do que em anos anteriores, mas não se compara com os diversos vestibulares militares que exigem, além do domínio de uma gama maior de conceitos, o conhecimento profundo de diversas fórmulas", avaliou o professor.

Para a prova de física, a dica de estudo do professor Daniel Amaro, da escola Dínamis, do Rio de Janeiro, é fazer a associação dos conteúdos às aplicações cotidianas, o que facilita o processo de associação dos conceitos. Segundo ele, os temas mais abordados em questões anteriores do Enem são ondulatória, mecânica, eletricidade e energia, termodinâmica e óptica.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos