PM lamenta morte de mais um policial; enterro será à tarde

Nielmar de Oliveira - Repórter da Agência Brasil

Será enterrado no início da tarde de hoje (21), no Cemitério Parque da Paz, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio, o corpo do sargento Rodrigo de Carvalho Tavares, de 36 anos. Ele foi vítima de uma tentativa de assalto na madrugada de domingo (19) no bairro Maria Paula, em Niterói.

O policial reagiu ao assalto, foi baleado e levado para o Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, onde estava internado no Centro de Terapia Intensiva. Ele foi submetido a uma cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu ontem (20) à tarde. Tavares tinha 11 anos de corporação, era casado e não tinha filhos.

Com esse, chega a 120 o número de policiais militares mortos este ano, durante operação ou confronto com criminosos. Em nota, a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro lamenta a morte.

De acordo com a corporação, entre os policiais militares que morreram neste ano, 119 foram assassinados e um foi vítima de acidente automobilístico quando participava de uma operação. Desse total, 26 estavam em serviço, 75 de folga e 19 eram reformados.

A PM informa ainda que Tavares, antes de ser baleado na cabeça, chegou a reagir e atirou em um dos assaltantes, com quem a PM apreendeu uma pistola e a moto utilizada durante a tentativa de assalto.

O assaltante também foi levado para o Hospital Alberto Torres, Ele foi internado na unidade sob custódia e não foram divulgadas informações sobre o seu estado de saúde.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos