Topo

Rio tem chuva e rajadas de vento de mais de 60 km/h, após dia de céu claro

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil

02/01/2018 20h30

O Sistema Alerta Rio informa a ocorrêndia de chuva moderada a forte em vários bairros da zona norte da capital fluminense, devido ao forte calor que fez hoje (2) na cidade, associado à elevada umidade relativa do ar. Além desses núcleos de chuva, uma linha de instabilidade se desloca de forma rápida da região serrana e da Baixada Fluminense em direção ao município do Rio. A previsão do Alerta Rio para as próximas horas é de pancadas de chuva com intensidade moderada a forte, acompanhada de rajadas de vento, raios e trovões, começando pela zona norte da cidade. No Aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão foram registradas rajadas de vento forte, que atingiram 64,8 quilômetros por hora (km/h). Apesar da ventania, o aeroporto funciona normalmente para operações de pouso e decolagem. O Aeroporto Santos Dumont também opera sem problemas, porque a chuva está fraca na região central da cidade. Na estação meteorológica da Vila Militar, em Deodoro, os ventos chegaram a atingir 65,5 km/h. Na Avenida Brasil, principal ligação entre a zona portuária do Rio e bairros da zonas norte e oeste do Rio, com 54 km de extensão, chove forte, principalmente na zona norte, com bolsões d'água nos bairros de Irajá, Ramos, Manguinhos, Penha Circular e Jardim América. No Trevo das Margaridas, na entrada da Rodovia Presidente Dutra, chove forte e há bolsões d'água, que atrapalham a passagem de carros de passeio. O Centro de Operações Rio orienta os motoristas a evitar o local. A chuva, no entanto, não atingiu a orla do Rio, nas praias de Ipanema, Copacabana e Leblon, e também no outro extremo da cidade, na Barra da Tijuca e no Recreio dos Bandeirantes, onde os termômetros marcaram mais de 37 graus Celsius (°C), com a sensação térmica de mais de 40ºC.