Operações da Lei Seca abordam mais de mil motoristas com sinal de embriaguez

Akemi Nitahara - Repórter da Agência Brasil*

Na primeira grande mobilização nacional do Fórum Permanente das Operações Lei Seca, que realizou blitzes em 17 estados do Brasil desde a noite de ontem (13) até a madrugada de hoje, os agentes de segurança abordaram 10.993 motoristas. No total, 1.037 deles apresentavam sinais de embriaguez e foram impedidos de continuar dirigindo.

As operações contaram com um efetivo de 1.936 homens e mulheres da Polícia Militar dos estados, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e agentes de trânsito em todo o país. Foram feitos ao todo 9.522 testes com o etilômetro e lavrados 823 autos de infração, além de 214 prisões. Foram recolhidos 1.610 documentos, entre carteiras de motoristas e certificado de licenciamento de veículos. Mais de 626 autromóveis foram removidos para depósito.

O balanço foi divulgado pelo governo do estado do Rio de Janeiro. Segundo a nota, um estudo do Centro de Pesquisa e Economia do Seguro (CPES), da Escola Nacional de Seguros, mostrou que a Lei Seca salvou 41 mil vidas desde 2008 e poupou ao país mais de R$ 550 bilhões, em perda de produto e renda.

Os dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) colocam o Brasil em quarto lugar no ranking de acidentes de trânsito nas Américas, atrás da República Dominicana, Belize e Venezuela. São 47 mil mortos por ano no país e 400 mil com alguma sequela por causa de acidentes.

De acordo com o coordenador da Operação Lei Seca do Estado do Rio de Janeiro, tenente-coronel Marco Andrade, o objetivo da ação foi chamar a atenção da sociedade para os riscos de beber e dirigir. Para ele o trabalho repetiu o sucesso da mobilização que encerrou a Semana Nacional do Trânsito do ano passado, feita em setembro, quando foram abordados 19.328 motoristas e 2.549 tinham sinais de embriaguez.

"Essa mobilização nacional ajudou a promover a conscientização dos motoristas para que todos juntos - poder público e sociedade -, numa soma de esforços, possamos reduzir os índices de violência no trânsito, que infelizmente ainda apresenta estatísticas negativas em todo o Brasil. Nosso objetivo é realizar mais ações como essa ao longo de todo o ano, integrando todas as operações do país", afirmou.

Rio de Janeiro

No estado do Rio de Janeiro, desde a criação da Operação Lei Seca, em março de 2009, foram abordados 2,7 milhões de motoristas em mais de 19 mil ações de fiscalização. As ações resultaram em 511 mil veículos multados, 99 mil rebocados, 171 mil motoristas com a CNH recolhida e 180 mil identificados com embriaguez.

Distrito Federal

Em Brasília, as fortes chuvas que caíram ontem reduziram o número de operações. Por isso, mesmo com o término da operação nacional previsto para a madrugada de ontem para hoje, o Detran-DF decidiu manter o patrulhamento durante todo o domingo.

Até a manhã de hoje foram apreendidos 140 veículos e autuados 53 condutores por alcoolemia. Dentre os veículos apreendidos, havia um com mais de R$ 20 mil em débitos. Também foram flagrados quatro condutores inabilitados e cinco com a CNH vencida.

*colaborou Marcelo Brandão

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos