STJ indefere mandado de segurança do Vasco contra resultado de eleição

Jorge Wamburg - Repórter da Rádio Nacional

A presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministra Laurita Vaz, indeferiu liminarmente o mandado de segurança impetrado pela diretoria do Vasco contra as decisões da Justiça do Rio de Janeiro que anularam a votação da Urna 7, na eleição para o Conselho Deliberativo do clube, em novembro.

Com isso, fica mantido o resultado do pleito, e o conselho vai eleger nesta sexta-feira (19) o presidente do clube entre o atual ocupante do cargo, Eurico Miranda, e o candidato da oposição, Júlio Brant, que terá maioria no colegiado recém- eleito, de 120 membros contra 30, conforme o estatuto do clube. Há mais 150 votos, que são de beneméritos e grandes beneméritos, como membros natos do conselho.

Na decisão desta terça-feira, a ministra Laurita Vaz alegou incompetência absoluta do STJ para julgar o mandado de segurança impetrado pelo Vasco.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos