Movimento Passe Livre protesta contra aumento da tarifa do transporte em SP

Bruno Bocchini - Repórter da Agência Brasil

O Movimento Passe Livre (MPL) realizou hoje (17) um protesto contra o aumento das tarifas do transporte coletivo na capital paulista. A passeata teve início no cruzamento das avenidas Cidade Jardim e Brigadeiro Faria Lima e foi até o Largo da Batata, zona oeste da cidade.

Inicialmente, o ato estava programado para começar em frente a casa do prefeito da capital paulista, João Doria, no bairro do Jardim Europa. No entanto, o MPL decidiu alterar a concentração em razão do policiamento ostensivo nas redondezas da residência do prefeito, com carros blindados e grande efetivo policial.

"A cada vez que a tarifa sobe, aumenta o número de pessoas excluídas do transporte coletivo. Entre nós e a cidade, que nós mesmos fazemos funcionar, existe uma catraca que cobra cada vez mais caro", disse o MPL em nota em defesa da tarifa zero.

Desde o último dia 7, a tarifa básica do transporte público coletivo por ônibus, trens e metrô subiu de R$ 3,8 para R$ 4. De acordo com a nota conjunta emitida pela prefeitura e o governo do estado, a elevação das tarifas é necessária para "adequar a receita ao custo dos sistemas".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos