Prefeitura de Petrópolis manterá dose única de vacina contra febre amarela

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil

Filas se formam em frente aos postos de saúde no Rio para a vacinação contra a febre amarela -Tânia Rêgo/Arquivo Agência Brasil

A prefeitura de Petrópolis, na região serrana do Rio, manterá o fornecimento da dose única da vacina contra a febre amarela, 0,5 mililitro (ml), estabelecida pela Organização Mundial da Saúde como proteção contra a doença para a vida toda. Diferentemente das 15 cidades do estado que terão de fracionar as doses, com proteção por até oito anos, o município não foi convocado para o esquema de fracionamento.

A prefeitura receberá 50 mil doses na próxima semana, para que a população que for viajar para alguma área de risco se proteja com antecedência. Ao todo, 15 postos de saúde da cidade estão preparados para aplicar a vacina.

A prefeitura trabalhou em 2017, em um cinturão de imunização, que teve início em março. A prioridade foi a vacinação em áreas rurais e de matas, além da imunização volante nos bairros - Araras, Fazenda Inglesa e Duarte da Silveira, próximos à Reserva Biológica do Tinguá, que começa em Nova Iguaçu e faz limite com municípios da serra. Petrópolis imunizou  grande parte da população contra a febre amarela, com 194 mil doses aplicadas, atingindo cerca de 60% da população.

"Trabalhamos antecipadamente para garantir a proteção da população. A prefeitura cumpriu o cinturão de imunização proposto pelo Ministério da Saúde, vacinando mais de 80 mil pessoas apenas em áreas verdes, entre março e abril do ano passado. Além disso, fizemos mutirões e vacinação volante. Mesmo com grande parte da população protegida, esperamos aumentar esse número e continuaremos fornecendo a vacina", disse o prefeito Bernardo Rossi.

Recomendações

A vacina leva 10 dias para fazer efeito, por isso é necessário o uso de repelentes nesse período. O secretário de Saúde, Silmar Fortes, lembra que crianças e adolescentes só serão vacinadas com a apresentação da caderneta de vacina e que  os adultos precisam levar um documento de identificação.

"Estamos reforçando nas unidades de Saúde a divulgação da oferta das doses. É importante que a população tome a vacina antes de viajar. Estamos em período de férias e logo virá o carnaval, então recomendamos que todos tomem a vacina com tranquilidade na unidade mais próxima de sua residência", acrescentou Fortes.

Vigilância em Saúde

A diretora da Vigilância em Saúde, Elisabeth Wildberger, lembrou que as pessoas que tomaram a vacina no passado já estão imunizadas.

"Temos pessoas que tomaram a vacina em anos anteriores e não precisam tomar novamente. Devem se vacinar desde crianças a partir de nove meses a adultos com até 59 anos. A imunização é contraindicada para gestantes, pessoas com o sistema imunológico debilitado e alérgicos à gema de ovo. Os idosos devem ser vacinados apenas com a liberação de um médico".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos