Município do Rio pretende imunizar 300 mil pessoas neste sábado

Cristina Índio do Brasil - Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro - Prefeito Marcelo Crivella acompanha vacinação contra a febre amarela no Centro Municipal de Saúde da Gávea Cristina Indio do Brasil/Agência Brasil

A previsão para o Dia D de vacinação contra a febre amarela no município do Rio é imunizar 300 mil pessoas neste sábado (27). O prefeito Marcelo Crivella foi acompanhar o trabalho das equipes no Centro Municipal de Saúde Píndaro de Carvalho Rodrigues, na Gávea, zona sul da cidade. Ele disse que se a campanha tiver, em 2018, o mesmo sucesso do ano passado, o município vai ultrapassar a marca de 1,5 milhão de pessoas imunizadas.

A vacinação nos postos municipais do Rio vai até as 17 horas. "Que venham todos se vacinar. De nove meses a 59 anos e 11 meses", recomendou o prefeito Marcelo Crivella.

Sobre a vacinação para maiores de 60 anos, o secretário municipal, Marco Antônio de Mattos, sugere que os idosos façam uma consulta com seu médico ou em um posto de saúde para saber se está apto a ser imunizado. "O importante é o médico deste paciente encaminhar um receituário para o posto de saúde dizendo que ele pode tomar a vacina da febre amarela".

A bancária Bianca Albuquerque, de 50 anos, foi hoje ao Centro da Gávea para tomar a vacina. Moradora do Leblon fez algumas tentativas para receber a dose, mas não tinha sido bem-sucedida. "Estava encontrando dificuldade antes. Só tem 300 senhas por dia. Sempre que chegava aqui já tinham distibuído as senhas da manhã e eu não posso de manhã e por isso não conseguia me vacinar. Esse Dia D foi muito legal", contou.

De acordo com o último informe epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES) do Rio de Janeiro, foram registrados 26 casos de febre amarela silvestre em humanos no território fluminense com 8 mortes: duas em Teresópolis, quatro em Valença, uma em Nova Friburgo e uma em Miguel Pereira. Além dos óbitos houve registros da doença em Teresópolis (2) e Valença (9). Os outros municípios com anotação de casos da doença foram Petrópolis, Duas Barras, Vassouras e Sumidouro. Em macacos apenas Niterói teve confirmação de febre amarela em animais.

 

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos