Petrobras estuda investir na exploração de gás natural no exterior

Léo Rodrigues - Repórter da Agência Brasil

A Petrobras estuda expandir seus investimentos no exterior através da exploração de gás natural. O presidente da estatal, Pedro Parente, disse hoje (29) no Rio de Janeiro que a hipótese vem sendo discutida. A declaração foi dada durante a cerimônia de assinatura dos contratos da 14ª Rodada de Licitações de Blocos de Petróleo e Gás, realizada na sede da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

"As sociedades do mundo todo estão muito empenhadas em caminhar cada vez mais para a chamada economia de baixo carbono. O gás natural é considerado o combustível de transição entre os mais fósseis, como a gasolina e o diesel, e os renováveis. Portanto, para uma empresa que queira ter uma perspectiva de se inserir nesse mercado, ter uma participação de gás natural no seu portfólio é relevante", explicou.

Perguntado se haveria algum motivo para não realizar esta exploração no Brasil, Parente apresentou razões técnicas. "Em geral, no Brasil, o gás é encontrado de maneira associada ao óleo e, portanto, em quantidades menores do que naqueles campos que são exclusivamente de gás. Assim, se nós queremos aumentar a participação do gás na composição da produção da empresa, como de fato é um direcionamento importante e estratégico, teremos que considerar a hipótese de ampliar a abrangência geográfica", disse, sem dar detalhes de quais países poderiam ser alvo da estatal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos