Operação Lei Seca no carnaval flagra 499 motoristas embriagados no Rio

Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil

Operação Lei Seca fiscaliza motoristas no Rio (Fernando Frazão/Arquivo Agência Brasil)

A Operação Lei Seca flagrou 499 motoristas embriagados ao volante no Rio de Janeiro, no período do carnaval, de acordo com balanço divulgado hoje (15).

"O nosso planejamento foi muito intenso para as festas de carnaval deste ano porque, historicamente, o carnaval sempre se apresenta como um período em que o número de acidentes aumenta e o número de mortes no Brasil sobe significativamente. Os estudos apontam, pelo menos, 30%", disse à Agência Brasil o coordenador da Operação Lei Seca no Rio de Janeiro, tenente-coronel Marco Andrade.

Foram realizadas 75 ações no período do carnaval, de sexta-feira (9) até o último dia 13, englobando prevenção e fiscalização nas ruas. "Percebemos que embora tivéssemos investido muito em comunicação, o percentual de motoristas flagrados dirigindo sob o efeito do álcool foi muito grande. Os valores são quase o dobro da média anual de 2017", disse Marco Andrade.

Durante a Operação Lei Seca no carnaval, 6.134 motoristas foram abordados e fiscais identificaram embriaguez em 499, o que representa 8,1% do total. Em todo o ano passado, a média encontrada foi 4,3%. No carnaval de 2017, a Lei Seca abordou 5.747 motoristas, dos quais 451 apresentavam sinais de embriaguez, ou 7,8% do total.

Para o tenente-coronel, o resultado mostra que a Operação Lei Seca está no caminho certo. "Mas ainda precisamos insistir muito, perseverar nessa grande campanha de conscientização junto à sociedade. É importante que o fluminense, o brasileiro, entendam que beber e dirigir não é possível, não é admissível em nenhuma época do ano, inclusive no carnaval, para que essa realidade de número de mortos possa mudar".

Continuidade

O esquema especial da Lei Seca permanecerá com 250 agentes nas ruas até o próximo domingo (18), quando ainda sairão blocos, em sequência ao desfile das campeãs, que ocorrerá no sábado (17), no Sambódromo. Serão 75 ações diurnas e noturnas em todo o estado do Rio de Janeiro.

Já a Operação Verão continuará até o final de fevereiro. A operação no estado é feita diariamente, independente do período do ano, esclareceu Marco Andrade. "Vamos estar nas ruas durante esses dias e ao longo do ano, levando sempre essa mensagem à sociedade. O Poder Público cumpre o seu papel, mas é importante o engajamento da sociedade para que vidas sejam salvas".

Sapucaí

Os agentes da Lei Seca estiveram na Marquês de Sapucaí nos quatro dias de desfile e realizaram 143 testes do bafômetro nos motoristas dos carros alegóricos antes de entrarem na Passarela do Samba, a fim de garantir a segurança do público e dos participantes das escolas. Todos os testes deram negativo para a ingestão de bebida alcoólica.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos