Topo

Trump viaja para a Flórida para se reunir com parentes de vítimas do tiroteio

2018-02-16T15:33:00

16/02/2018 15h33

"Estou indo para a Flórida hoje para me reunir com algumas das pessoas mais valentes sobre a Terra - mas cujas vidas foram totalmente destroçadas", disse Trump hoje em sua conta do TwitterJim Lo Scalzo/Agência EFE O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, viajará nesta sexta-feira (16) à Flórida para se reunir com os familiares das vítimas do tiroteio de Parkland de quarta-feira, que deixou 17 mortos em uma escola de ensino médio. "Estou indo para a Flórida hoje para me reunir com algumas das pessoas mais valentes sobre a Terra - mas cujas vidas foram totalmente destroçadas", disse Trump hoje em sua conta do Twitter. O presidente deve viajar durante a tarde para West Palm Beach para passar o fim de semana junto com sua família no seu clube privado de Mar-a-Lago, situado também no sul da Flórida e apenas a 60 quilômetros ao norte de Parkland. Não está claro se Trump visitará os familiares das vítimas do tiroteio de Parkland hoje ou se o encontro ocorrerá durante o fim de semana. Ontem, em discurso dirigido aos americanos desde a Casa Branca, o líder prometeu "enfrentar o difícil problema de saúde mental", e ressaltou que sustentará um encontro com os governadores do país para fazer da segurança nas escolas "a nossa principal prioridade". Trump, no entanto, não fez menção alguma a possíveis medidas legislativas para reforçar o controle do acesso a armas de fogo. O suspeito do ataque foi identificado como Nikolas Cruz, um jovem de 19 anos que está preso no condado de Broward, na vizinha cidade de Fort Lauderdale. O tiroteio de Parkland, que além dos 17 mortos deixou 15 feridos, foi o 18° incidente com armas ocorrido em centros educativos americanos apenas em 2018. *É proibida a reprodução total ou parcial desse material. Direitos Reservados.