Detentos fazem rebelião com reféns em presídio na Baixada Fluminense

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil

A Tropa de Choque e o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar do Rio de Janeiro foram acionados para tentar conter uma rebelião iniciada no fim da tarde de hoje (18) no Presídio Milton Dias Moreira, em Japeri, na Baixada Fluminense.

De acordo com informações iniciais, três agentes penitenciários são mantidos reféns pelos detentos.

Em nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que na tarde deste domingo inspetores de segurança e administração penitenciária frustraram uma tentativa de fuga de internos da unidade prisional. Em seguida, os internos iniciaram um motim.

O secretário de Administração Penitenciária, David Anthony Gonçalves Alves, ativou o centro de crise no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). A secretaria informou também que o Grupamento de Intervenção Tática (GIT) e o subsecretário de Gestão Operacional estão no local, com o apoio do Batalhão de Choque e diversas unidades da Polícia Militar.

A rebelião ocorre no mesmo dia em que a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) informou que antecipou "medidas de controle" nos presídios do estado para impedir eventuais reações da população carcerária à intervenção federal na segurança pública do estado, decretada na última sexta-feira (15).

"Uma série de medidas operacionais foram adotadas, com o objetivo de impedir as instabilidades no sistema carcerário", informou, em nota, o secretário de Administração Penitenciária, David Anthony.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos