PUBLICIDADE
Topo

Ministério reconhece situação de emergência em 16 municípios

Júlia Buonafina*

20/02/2018 18h55

O Ministério da Integração Nacional reconheceu a situação de emergência em um total de 16 municípios, nas cinco regiões do país. As portarias foram publicadas nas edições de ontem (19) e hoje (20) no Diário Oficial da União (DOU). Metade das cidades estão localizadas em Santa Catarina, estado que sofreu com tempestades durante o mês de janeiro. O reconhecimento de situação de emergência facilita o acesso das prefeituras a recursos federais para recuperação após os danos causados pelas chuvas. As cidades catarinenses que estão na lista são Itapema, Camboriú, Balneário Camboriú, Gaspar e Penha, Coronel Martins, Bom Retiro e Sangão. O restante dos municípios está dividido entre as outras quatro regiões do país. No Nordeste, Frei Paulo (SE) e Icapuí (CE) estão em situação de emergência. No caso do município sergipano, causada pela estiagem. Já Icapuí sofre o impacto do avanço do mar, queultrapassa áreas de aterramento dos postes de iluminação e aumenta o risco de queda da estrutura. A prefeitura chegou a decretar calamidade pública em quatro praias: Barrinhas, Barreiras da Sereia, Peroba e Redonda. No Norte, foi reconhecido a situação de emergência no município de Marabá (PA) em razão das inundações causadas pelas chuvas. No Centro-Oeste estão na lista Nova Roma (GO) e Eldorado (MS), também em função das chuvas e enxurradas. No Sudeste, Ponto dos Volantes (MG), Cachoeira de Pajeú (MG) e Mariápolis (SP) estão na mesma situação. As duas cidades mineiras, localizadas no Vale do Jequitinhonha, foram afetadas pela seca. Já o município paulista também está em situação de emergência após as fortes chuvas. *estagiária sob supervisão da editora Amanda Cieglinski