Macron fará primeira visita oficial estrangeira aos EUA desde a eleição de Trump

Da Agência Xinhua * Com informações da Ag. Brasil

Macron e Trump já conversaram em Paris sobre mudanças climáticas, comércio e segurança Xinhua/Jack Chan/Arquivo

O presidente francês, Emmanuel Macron, aceitou o convite de seu homólogo americano, Donald Trump, para visitar os Estados Unidos de 23 a 25 de abril, anunciou a presidência francesa na noite de ontem, em um comunicado de imprensa. Segundo a nota, esta será a primeira visita de estado de um líder estrangeiro aos EUA desde a eleição de Trump. A informação é da agência Xinhua.

"Este convite reflete a profundidade dos laços históricos entre os dois países, amigos e aliados, e a força das relações entre os dois presidentes", afirmou a Presidência francesa.

O programa da visita oficial está em preparação e deverá incluir uma reunião de trabalho na Casa Branca, uma conferência de imprensa conjunta, várias cerimônias formais e um jantar de Estado, de acordo com a Presidência francesa.

A visita de Macron aos EUA já havia sido divulgada pelo ministro de Relações Exteriores francês, Jean-Yves Le Drian, no começo deste mês, mas sem dar uma data exata para a viagem, o que ocorreu ontem.

Desacordos

Trump convidou Macron a ir a Washington no último mês de janeiro, após ter sido recebido pelo presidente francês em Paris em 14 de julho passado, Dia da Bastilha, data nacional francesa.

Macron e Trump mantêm desacordos sobre diversos temas internacionais, como o Acrodo de Paris sobre as mudanças climáticas, o acordo sobre armas nucleares com o Irã e a recente decisão de Washington de transferir sua embaixada em Israel para Jerusalém.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos