Topo

Eleição suplementar para governador em Tocantins será no dia 3 de junho

Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil

03/04/2018 20h30

O primeiro turno da eleição suplementar para governador e vice-governador do Tocantins será realizada no dia 3 de junho e, caso haja segundo turno, a data de retorno às urnas será dia 24 de junho. A previsão de gastos com o pleito é de aproximadamente R$ 15 milhões. O Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) aprovou hoje (3) cinco resoluções que irão nortear as eleições no estado. O pleito acontecerá em decorrência da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pela cassação de Marcelo Miranda e Cláudia Lélis, então governador e vice, quando a maioria dos ministros entendeu que houve arrecadação ilícita de recursos durante a campanha de 2014. As convenções partidárias estão previstas para acontecer entre os dias 9 e 12 de abril e o registro das candidaturas será realizado entre os dias 12 e 16 de abril. Se não houver segundo turno, a diplomação dos vencedores está prevista para o dia 18 de junho. Os vencedores das novas eleições terão um mandato tampão até o dia 31 de dezembro deste ano.