Testemunhas de acusação depõem em São Paulo em processo sobre irmãos Batista

Elaine Patricia Cruz - Repórter da Agência Brasil

A Justiça Federal ouve, nesta quarta-feira (4), em São Paulo, quatro testemunhas de acusação no processo que apura se os irmãos Joesley e Wesley Batista usaram informações privilegiadas (insider trading) para lucrar no mercado financeiro. Uma das testemunhas foi ouvida de manhã, por meio de videoconferência, e as outras vão depor à tarde. O juiz Diego Paes Moreira determinou sigilo nas audiências.

Duas das testemunhas são integrantes da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que trabalharam na apuração do ilícito administrativo. Além disso, serão ouvidos um delegado da Polícia Federal e um perito criminal que fizeram o laudo.

As testemunhas de defesa dos dois empresários serão ouvidas nos dias 9 e 10. Depois disso, os irmãos deverão também ser interrogados, mas em data que ainda não foi marcada pela justiça.

As audiências estavam previstas para 19 de março, mas foram adiadas a pedido dos advogados dos réus. Um deles alegou havia assumido o caso recentemente e que não ainda tinha tido acesso aos autos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos