Após 3 horas, Gabinete de Intervenção encerra visita a grupo tático no Rio

Da Agência Brasil

Por volta das 12h30, o Grupo de Intervenção Federal terminou hoje (5) a visita ao Centro de Instrução Especializada da Secretaria de Administração Penitenciária.

Ao final da visita, que durou cerca de 3 horas, o chefe do Gabinete da Intervenção Federal na Segurança Pública do Rio, general Mauro Sinott, disse que "estamos encerrando esta visita. Tive a oportunidade de conhecer boa parte do complexo. Conseguimos identificar os gargalos e vamos buscar soluções. Agradeço a atenção de todos". 

 Sinott foi recebido na chegada às instalações do grupo pelo superintendente de segurança do órgão, Leonam Leão de Oliveira. Em conversa com os agentes penitenciários, Sinott disse que está fazendo as vistorias para ter uma radiografia da intervenção.

"Estamos querendo entender o reflexo desses problemas aqui na ponta da linha para identificar os gargalos e ver o que podemos fazer para melhorar a capacidade de trabalho de vocês. Isso é muito importante porque o que vai ficar da intervenção federal é aquilo que podemos fazer para melhorar a capacidade operacional dos órgãos. Esse é um legado importante. Estamos aqui para identificar essas dificuldades e trabalhar em cima disso", disse Sinott ao falar sobre a inspeção.

* Colaborou Douglas Côrrea

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos