Lula deixa prédio do sindicato para participar de missa em memória de Marisa

Elaine Patrícia Cruz - Repórter da Agência Brasil

Após dois dias no prédio do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernasrdo do Campo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva saiu hoje (7)) do prédio, Por volta das 10h40, Lula deixou a sede do Sindicato dos Metálurgicos do ABC pela primeira vez desde que chegou ao local, na quinta-feira (5) à noite.

Lula deixou o prédio para subir em um caminhão de som, onde ocorre neste momento uma missa em homenagem ao aniversário de Marisa Letícia, que completaria 68 anos hoje, e que morreu no ano passado. Durante a missa, acompanhada por muitas pessoas, foi feito um histórico de dona Marisa Letícia, contando por exemplo, como ela ajudou Lula em suas campanhas políticas.

Uma grade de segurança que liga uma das entradas do prédio do Sindicato dos Metálurgicos do ABC até um caminho de som estacionado na frente da sede do sindicato foi instalada para permitir a passagem de Lula por entre as milhares de pessoas que estão no local. Até este momento, Lula não fez qualquer pronunciamento. Apenas acenou para as pessoas. A ex-presidente Dilma Rousseff está ao lado de Lula no caminhão.

Ainda não está confirmado se Lula se entregará ou se será preso hoje. Um membro do partido disse à reportagem que Lula não vai se entregar hoje, mas que será preso.

Agressão

Mais cedo, um repórter da Rádio CBN foi hostilizado por militantes do PT no hall da sede do sindicato. Seguranças tiveram que intervir.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos