Rio tem 36 PMs assassinados este ano

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

O segundo sargento da Polícia Militar Décio Anastácio Nunes, de 52 anos, morreu ontem (8), no Rio de Janeiro, depois de ficar dois meses internado. Décio e seu irmão foram baleados durante uma ocorrência de roubo de carga no Jardim Bom Pastor, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, em 8 de fevereiro.

Os dois foram socorridos por um motorista de ambulância que passava pelo local e levados para o Hospital Geral da Nova Iguaçu (Posse) e depois transferidos para um hospital da zona norte da cidade do Rio.

Décio, baleado na cabeça, estava em estado grave e morreu ontem. Seu irmão, Marcio Nunes, de 40 anos, continua internado, de acordo com o Disque Denúncia. Esse é o 36º policial que perdeu a vida por causa da violência neste ano no Rio de Janeiro. Outros dois policiais militares morreram neste ano, mas um havia sido ferido no ano passado e o segundo, baleado em outro estado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos