Deputados fazem ato em defesa de Lula no plenário da Câmara

Heloísa Cristaldo - Repórter da Agência Brasil

Deputados de oposição participam do ato em defesa de Lula   Fabio  Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Deputados de oposição fizeram, nesta noite (10), ato em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no plenário da Câmara. Participaram deputados de PT, PSOL, PCdoB e PDT, que estão obstruindo as votações da pauta. Segundo o líder da oposição, José Guimarães (PT-CE), em protesto contra a prisão de Lula, os deputados desses partidos não votarão nenhum projeto durante esta semana.

Com faixas, cartazes e gritos de "Lula Livre" e "Lula, guerreiro do povo brasileiro", parlamentares criticaram a prisão do ex-presidente da República. Desde sábado (7), Lula cumpre pena na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) negou habeas corpus preventivo ao ex-presidente, já condenado em segunda instância.

Segundo Guimarães, os líderes partidários se reunirão com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), na manhã desta quarta-feira (11) para discutir as condições da prisão de Lula e a instalação de uma comissão externa. "Vamos fazer um café da manhã, na residência oficial, com toda a oposição para fazer um debate apurado, sério, suprapartidário."

Deputados favoráveis à prisão de Lula criticaram o ato. Para o líder do PSDB, deputado Nilson Leitão (MT), o momento desgasta a imagem do país.  "Óbvio que ninguém gostaria de estar aplaudindo um ex-presidente que se torna preso diante de uma situação criada por ele mesmo. É lamentável o que o Brasil está vivendo. Não deveríamos estar vivendo isso", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos