PM procura em favela do Rio criminosos que teriam sequestrado policial

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil

Policiais de vários batalhões da Polícia Militar fazem uma operação na favela do Jacarezinho, zona norte do Rio, depois que o número 190 de emergência da corporação recebeu um telefonema informando que um agente teria sido sequestrado por traficantes da comunidade.

O sequestro teria ocorrido quando ele passava de carro pelo Buraco do Lacerda, um dos acessos ao Jacarezinho. O militar teria sido levado para dentro da favela, depois que a farda, que estava no banco de trás do carro, foi vista pelos criminosos e ele foi rendido.

Tropas do Batalhão de Choque e militares do Méier e do Complexo da Maré, com apoio da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Jacarezinho, participam da ação, que conta com apoio de um carro blindado e de um helicóptero, como suporte para os militares que fazem a varredura na favela.

Já houve confronto em três localidades no Jacarezinho. O Centro de Operações da Prefeitura do Rio divulgou alerta pedindo que os motoristas evitem a região. A Avenida dos Democráticos, que margeia a região, está fechada nos dois sentidos, por medida de segurança.

Os trens da linha auxiliar que param na estação do Jacaré não estão circulando desde às 10h20, devido a troca de tiros na região, o que pode colocar em risco a segurança dos passageiros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos