Topo

Secretária do Tesouro ocupará segundo cargo mais importante da Fazenda

Wellton Máximo - Repórter da Agência Brasil

11/04/2018 18h11

Brasília - Ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, e a secretária executiva do ministério, Ana Paula Vescovi (Valter Campanato/Agência Brasil) A secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, ocupará a Secretaria-Executiva do Ministério da Fazenda, o segundo posto mais importante da pasta, anunciou hoje (11) o novo ministro Eduardo Guardia. O nome do novo titular do Tesouro será divulgado nos próximos dias. Na Secretaria do Tesouro desde junho de 2016, Ana Paula tinha ocupado a Secretaria de Fazenda do Espírito Santo em 2015 e 2016. No estado, ela promoveu um trabalho de ajuste fiscal, cortando cargos comissionados, suspendendo reajustes salariais para os servidores locais, revisando incentivos fiscais e obrigando a destinação dos recursos dos royalties do petróleo para investimentos, não para o custeio (manutenção da máquina pública). No Tesouro, Ana Paula foi uma das principais responsáveis pela renegociação da dívida dos estados e pela elaboração do pacote de recuperação fiscal de estados em dificuldade, como o Rio de Janeiro. Ela trabalhou para que os estados com problemas de caixa que recorressem à União cumprissem contrapartidas, com corte de gastos e aumento de impostos. A nova secretária-executiva da Fazenda confirmou que continuará presidindo o Conselho de Administração da Caixa Econômica Federal. Ela encarregou-se da implementação do novo estatuto, que deu mais transparência para a instituição, e descartou o uso de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para ampliar o capital da instituição. Após ser confirmada no cargo, Ana Paula agradeceu a Guardia, que, segundo ela, criou condições para que todas as secretarias do ministério trabalhassem em conjunto. "Queria agradecer o apoio ao trabalho do Tesouro Nacional e das outras secretarias. Farei o meu melhor como servidora pública, que visa atender, da melhor forma possível, a missão institucional do Ministério da Fazenda. Vou permitir que a coesão que marca a equipe, a unidade de pensamento, seja uma continuidade até o final desse período", declarou.