BC renova venda de dólares no mercado futuro para segurar câmbio

Depois de o dólar aproximar-se de R$ 3,55 e fechar no maior nível em quase dois anos, o Banco Central (BC) renovará os contratos de venda de dólares no mercado futuro. A autoridade monetária anunciou hoje (2) à noite que iniciará amanhã (3) a rolagem de 113 mil contratos de swap cambial que venceriam em junho.

Banco Central - Arquivo/Agência Brasil
O valor desses contratos não foi divulgado. Em comunicado, o BC informou que, nos primeiros dias, vai acelerar a rolagem dos contratos para segurar a alta da moeda norte-americana. Apenas amanhã, vão ser renovados 8,9 mil contratos.

"Com o objetivo de suavizar movimentos no mercado de câmbio, o Banco Central irá ofertar quantidade de contratos superior à necessária para a rolagem integral desse vencimento", informou a autoridade monetária no comunicado.

Atualmente, o Banco Central tem US$ 23,8 bilhões em contratos de swap cambial. Desse total, US$ 5,65 bilhões venceriam em 1º de junho, mas vão ser renovados e sairão de circulação em três etapas: uma em 1º de agosto, uma em 1º de novembro e a última em 2 de janeiro de 2019.

Por meio das operações de swap cambial, o Banco Central vende contratos em reais no mercado futuro para conter a volatilidade do câmbio e reduzir a demanda por dólar. O Banco Central aposta que a divisa subirá mais que os juros futuros. Os investidores apostam que os juros aumentarão mais que a moeda norte-americana. No fim do contrato, as duas partes trocam os rendimentos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos