IPC-S sobe em seis capitais brasileiras de março para abril, diz FGV

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) cresceu em seis das sete capitais brasileiras pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV) entre março e abril deste ano. A maior alta foi observada em Porto Alegre, onde a taxa cresceu 0,41 ponto percentual, ao passar de 0,14% em março para 0,55% em abril.

 

A maior alta foi observada em Porto Alegre - Marcello Casal jr/Agência Brasil
Outras três capitais tiveram alta na inflação: Brasília (0,16 ponto percentual, ao passar de 0,08% para 0,24%), São Paulo (0,15 ponto percentual, ao passar de 0,10% para 0,25%) e Rio de Janeiro (0,06 ponto percentual, ao passar de 0,47% para 0,53%).

Duas capitais, que tinham registrado deflação (queda de preços) em março, passaram a registrar inflação em abril: Salvador, que passou de uma deflação de 0,17% para uma inflação de 0,09% (alta de 0,26 ponto percentual), e Recife, que passou de uma queda de preços de 0,02% para uma alta de 0,27% (um acréscimo de 0,29 ponto percentual na taxa).

A única cidade com queda na taxa de inflação foi Belo Horizonte, cuja taxa recuou 0,28 ponto percentual, ao passar de 0,45% para 0,17%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos