PUBLICIDADE
Topo

Governo prorroga atuação de Força Nacional na segurança do Rio

A Força Nacional tem atuado no patrulhamento de rodovias e apoio a operações da polícia e Forças Armadas - Foto: Agência Brasil
A Força Nacional tem atuado no patrulhamento de rodovias e apoio a operações da polícia e Forças Armadas Imagem: Foto: Agência Brasil

27/08/2018 14h54Atualizada em 27/08/2018 16h02

A atuação da Força Nacional de Segurança Pública foi prorrogada por mais 180 dias no estado do Rio de Janeiro, que passa por intervenção federal na área de segurança pública desde fevereiro. 

Também foi autorizado o emprego da Força Nacional por 180 dias em Boa Vista, capital de Roraima. O estado vive clima de tensão entre brasileiro e imigrantes venezuelanos.

As medidas estão em portarias do Ministério da Segurança Pública publicadas na edição de hoje (27) do Diário Oficial da União. 

A portaria que trata do Rio de Janeiro detalha que os militares vão atuar no apoio aos órgãos de segurança pública locais, nas ações de policiamento ostensivo, polícia judiciária, e perícia forense, nas atividades e nos serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da proteção das pessoas e do patrimônio.

Força Nacional em Roraima

No caso de Boa Vista, a portaria informa que o emprego dos homens da Força Nacional foi solicitado pela governadora de Roraima, Suely Campos, para conter o aumento da criminalidade na capital.

No último dia 21, o governo federal havia informado que atendendo ao pedido do governo de Roraima seriam enviados mais 120 agentes da Força Nacional de Segurança Pública para reforçar o policiamento no estado que vive situação tensa entre brasileiros e imigrantes venezuelanos.