PUBLICIDADE
Topo

Acordo leva Justiça a cancelar leilão de sede do America, no Rio

25/09/2018 12h15

O leilão do prédio que abriga a sede do tradicional clube América, marcado para a manhã de hoje (25), foi cancelado por decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT1). A decisão foi tomada após o clube fazer um acordo para negociar dívidas trabalhistas. A área, que possui mais de 23 mil metros quadrados e vale R$ 75 milhões, é alvo de ação judicial em razão de dívidas trabalhistas. A sede seria vendida pelo lance mínimo de R$ 37,5 milhões, quantia equivalente a apenas 50% do valor do prédio.
 
A sede do America fica na região da Grande Tijuca. Além de festas, o clube oferecia programação variada aos associados, como academia de ginástica, piscinas olímpicas e bailes nos fins de semana.
 
Com o tempo, o espaço foi gradativamente abandonado em razão de dívidas. Hoje, a fachada do edifício denuncia o descuido: paredes estão pichadas e o rebaixamento do teto de gesso caindo.
 
Fundado em 1904, o America Football Clube atualmente disputa a segunda divisão do Campeonato Carioca, mas já esteve entre os clubes da primeira divisão. Entre seus títulos mais importantes, estão o International Soccer League, em 1962, o Torneio dos Campeões, em 1982, e os sete títulos do Campeonato Carioca. O último foi em 1960, quando derrotou o Fluminense por 2x1, no Maracanã.   *Estagiária sob supervisão de Vitor Abdala