PUBLICIDADE
Topo

PF combate fraudes em instituto de previdência em Pernambuco

31/10/2018 13h56

Um esquema de fraude que atuava no Instituto de Previdência dos servidores da prefeitura da cidade do Cabo de Santo Agostinho, na região metropolitana do Recife, é alvo da segunda fase da Operação Abismo. Os policiais federais estão cumprindo desde cedo um mandado de prisão preventiva e dez de busca e apreensão, sendo nove em cidades de Pernambuco. A prisão preventiva é de um empresário no estado de Goiás. Estão sendo apreendidos documentos, veículos, mídias de computador e dinheiro. Todo o material vai subsidiar as investigações já em andamento", informa a PF por meio de nota.. Na primeira fase da Operação Abismo, deflagrada no último dia 19, foram cumpridos mandados de prisão de 22 suspeitos, entre eles, empresários e funcionários da prefeitura. O esquema criminoso é acusado de ter ordenado a transferência de R$ 90 milhões do fundo do instituto para outro de origem suspeita.