Topo

PM monta esquema especial para a final da Libertadores da América

22/11/2019 21h32

O Rio de Janeiro contará com um esquema especial de segurança para este sábado (23), quando o Flamengo jogará a mais de 4 mil quilômetros de distância da capital carioca. O time rubro negro enfrentará a equipe argentina River Plate na final da Copa Libertadores, que será disputada no Estádio Monumental de Lima, no Peru.

A Polícia Militar empregará 1.300 homens em diversos pontos de aglomeração de torcedores no Rio. O planejamento tem como objetivo garantir a segurança de torcedores, moradores e turistas que estão mobilizados para acompanhar a transmissão do jogo.

São esperados 50 mil torcedores no Estádio Maracanã. Haverá shows de artistas e telões de LED espalhados pelo estádio.

Como é um evento privado, a segurança interna do Maracanã ficará a cargo de agentes contratados pelo consórcio que administra a praça esportiva. Policiais do Batalhão Especializado em Policiamento de Estádios (BEPE) e do 6º batalhão da PM (Tijuca) farão a segurança no entorno do estádio. Haverá reforço no patrulhamento das vias de acesso, estações de transportes coletivos e pontos de encontro de torcedores.

Caso a equipe carioca conquiste o título, haverá uma grande festa dos torcedores para recepcionar a delegação rubro-negra, que retornará ao Rio no domingo (24) pela manhã, com chegada prevista para as 9h30, no Aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão.

Guarda Municipal

A Guarda Municipal do Rio de Janeiro também divulgou esquema de segurança e vai contar com 170 agentes no entorno do Maracanã e 95 profissionais em 12 pontos da cidade, entre eles, Lapa, no centro; Parque Madureira, na zona norte; Praça Santos Dumont, na Gávea; zona sul; e Largo da Maçonaria, em Campo Grande, na zona oeste.

No Maracanã, o esquema operacional começa ao meio-dia com efetivo de 170 guardas atuando com foco no ordenamento urbano e no controle e fiscalização de trânsito das principais vias de acesso ao estádio, entre elas, as avenidas Maracanã, Professor Manuel de Abreu e São Francisco Xavier. Equipes dos grupamentos especiais de Cães, Trânsito, Motociclistas, Tático Móvel e de Operações Especiais estarão a postos.

A Guarda Municipal recomenda aos torcedores que priorizem o transporte público para chegar ao estádio pois não haverá áreas de estacionamento. Os veículos que estiverem estacionados no entorno do Maracanã serão rebocados. Caso tenha o veículo rebocado, o cidadão deve imprimir a Guia de Pagamento e de Remoção pelo site da Prefeitura ou no próprio depósito da Prefeitura, que fica na Avenida Pedro II, 67, próximo à Estação Leopoldina.

Desfile em carro aberto

Independentemente do resultado do jogo, a recepção da delegação do Flamengo, prevista para domingo(24) de manhã no Aeroporto Internacional Tom Jobim, também contará com esquema especial de segurança.

Caso o Flamengo vença a Libertadores, os jogadores, a comissão técnica e a diretoria do clube seguirão em ônibus fechado do aeroporto à Candelária, no Centro, sob escolta de policiais do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) e de Rondas Especiais e Controle de Multidões (RECOM). Há quatro trajetos possíveis entre o aeroporto e o Centro. A escolha será feita de acordo com informações da área de inteligência da Corporação, que observará condições de tráfego e de segurança.

Chegando à Candelária, a delegação do Flamengo embarcará num caminhão aberto, estilo trio elétrico usado por megablocos carnavalescos, e desfilará junto com os torcedores pela Avenida Presidente Vargas até o monumento Zumbi do Palmares, na Praça XI, onde será o ápice e o término da comemoração.

Caso a equipe carioca não conquiste o título, o plano prevê a chegada ao aeroporto e escolta da delegação.

De acordo com o subsecretário Geral da Polícia Militar, coronel Márcio Pereira Basílio, "além da decisão da Copa Libertadores, teremos outros eventos na cidade, inclusive um jogo na tarde de domingo entre Botafogo e Corinthians no Engenhão. Todas essas variáveis foram pensadas e contempladas no nosso planejamento", explicou o oficial da PM.

Helicópteros no monitoramento

Durante todo o fim de semana, a movimentação de torcedores, de participantes de outros eventos e de frequentadores de áreas de lazer será monitorada por aeronaves do Grupamento Aeromóvel (GAM). Os policiais militares do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE) cuidarão dos principais corredores viários de acesso à capital.

Notícias