PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
5 meses
Fevereiro foi o mês mais chuvoso na capital paulista em 77 anos

Pedestres atravessam trecho alagado na Marginal Tietê por cima de canteiros   - CELSO LUIX/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Pedestres atravessam trecho alagado na Marginal Tietê por cima de canteiros Imagem: CELSO LUIX/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

02/03/2020 14h54

O acumulado de chuva no mês de fevereiro chegou aos 496,7 milímetros (mm) na capital paulista, fazendo com que o período seja o mais chuvoso registrado para o mês em toda a série histórica, iniciada há 77 anos.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o índice superou a normal climatológica de 249,7 mm (período 1981-2010) e o recorde anterior para o mês de fevereiro, de 445,5 mm, ocorrido em 1995. Foram 22 dias de chuva, seis acima da média climatológica de 16.

Em fevereiro deste ano, choveu 173,5 mm a mais do que no mesmo mês de 2018. O maior registro de chuva em 24 horas ocorreu no dia 10, com 144 mm. A chuva excessiva ocasionou alagamentos devido ao transbordamento dos rios Pinheiros e Tietê.

Com relação às temperaturas, a mais alta foi registrada no dia 20, com 32,6 ºC. A menor foi de 15,6 ºC, na madrugada do dia 27.

Segundo o Inmet, a temperatura mínima média foi de 19,5 ºC. A temperatura máxima média foi de 27 ºC, abaixo dos 28,8 ºC normais para o período.

"Isso é explicado pelo aumento da nebulosidade, chuvas e pela passagem de frentes frias ao longo da costa. Foi a menor média das temperaturas máximas desde o ano de 2004, quando fez 26,9 ºC. Já a máxima absoluta de 32,6 ºC é a maior desde 2005, quando fez 32,5 ºC", diz o Inmet.

Cotidiano