PUBLICIDADE
Topo

Covid-19: Prefeitura de SP repassa merenda escolar a centros de acolhimento

Prato de merenda escolar - Marlene Bergamo/Folhapress
Prato de merenda escolar Imagem: Marlene Bergamo/Folhapress

02/04/2020 16h24

A prefeitura da capital paulista está repassando os produtos das merendas das escolas municipais — fechadas atualmente em razão da pandemia de coronavírus — para 38 centros de acolhimentos da cidade, que possuem cozinhas para o preparo das refeições.

Os mantimentos também serão encaminhados para o Banco de Alimentos da cidade de São Paulo, onde poderão ser armazenados em geladeiras e freezers. Os alimentos do banco são doados a entidades assistenciais cadastradas na administração municipal.

Apenas na última semana, os centros de acolhimentos e o banco da prefeitura receberam dez toneladas de produtos não perecíveis das merendas escolares. A partir de hoje (2), os mantimentos perecíveis começaram a ser transferidos.

Segundo a prefeitura, no período letivo são oferecidas, diariamente, cerca de 2,5 milhões de refeições para 1 milhão de estudantes matriculados nas escolas da Rede Municipal de Ensino.

Coronavírus