Mulher atacada por PM com spray de pimenta no Rio diz que sofreu 'tortura psicológica'

  • Reprodução

    O jornal americano "The New York Times" trouxe na capa a foto de um policial espirrando spray de pimenta no rosto de uma mulher no Rio

    O jornal americano "The New York Times" trouxe na capa a foto de um policial espirrando spray de pimenta no rosto de uma mulher no Rio

Liv Oliveira, de 23 anos, estampou a capa da edição de ontem do jornal norte-americano "New York Times", em foto na qual ela aparece sozinha, alvo de um policial que espirra gás pimenta em sua direção. A imagem foi registrada na última segunda-feira, nas imediações da Praça 15, no centro do Rio, após protestos que terminaram em vandalismo em frente à Assembleia Legislativa.

Liv, que diz ser artista plástica e poeta, divulgou ontem um texto pela internet em que comenta o que houve. "A polícia me agrediu como agride a todos os manifestantes (...). Hoje fui ao IML fazer um exame de corpo delito. Na delegacia, uma espécie de tortura psicológica foi o que me aconteceu. Pra sair de lá assinei papéis que não sei exato o que foram, e agora espero para ver no que vai dar".

Ela participava da manifestação com amigos e se perdeu deles. Quando caminhava em direção ao mergulhão da praça 15 para tomar um táxi, foi abordada por PMs que ordenaram que ela saísse dali. Mas não se manifestou, e acabou atacada com gás pimenta. Foi presa, acusada por formação de quadrilha, e teve de pagar fiança de R$ 3.000 para ser libertada.

Protestos se espalham pelo Brasil
Protestos se espalham pelo Brasil

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos