Ouro recua em NY com expectativa de alta de juro nos EUA

São Paulo - O ouro fechou em queda pela segunda sessão consecutiva nesta terça-feira, 9, em meio a expectativas de que o Federal Reserve possa apertar a política monetária mais cedo do que o esperado.

O contrato de ouro para dezembro negociado na Comex caiu US$ 5,80 (0,5%) e fechou a US$ 1.248,50 por onça-troy, o nível mais baixo desde 4 de junho. A prata para dezembro recuou US$ 0,04, para US$ 18,84 por onça-troy.

Um estudo publicado ontem pelo Fed de San Francisco sugeriu que os investidores, mais do que os integrantes do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc), esperam que o banco central dos EUA mantenha a política acomodatícia. A interpretação do estudo é de que o Fed pode acabar elevando as taxas básicas de juros antes do esperado pela maior parte do mercado.

O ouro terá dificuldades para concorrer com os Treasuries quando os juros nos EUA forem elevados, já que os retornos oferecidos pelos títulos de dívida norte-americanos aumentarão. Além disso, os contratos de ouro são denominados em dólar e se tornam mais caros para portadores de outras moedas quando a divisa dos EUA se valoriza, como vem acontecendo nas últimas sessões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos